sábado, 16 de outubro de 2010

Walt Disney World!

Woohoo!!!
Agora sim, chegamos na Disney!!!
E de cara encontramos Fabio e Nancy, amigos do coração que vieram passar uma semana com a gente. Estamos todos no Disney's Pop Century Resort, um dos hotéis localizados dentro do complexo Disney.


Ficar aqui dentro tem algumas vantagens. A principal delas é que o transporte para os parques é gratuito e constante durante todo o dia.


Além disso, existem as mega-ultra-super-hiper legais "extra magic hours", ou seja, horas extras nas quais só os hóspedes desses hotéis podem usufruir dos parques em determinados dias. E foram essas horas mágicas em conjunto com o calendário de shows de cada parque que nos ajudaram a decidir o roteiro de parques para a semana.

Abrindo parênteses, acho que atingi o auge da minha volta à infância quando perguntei num dos parques que horas fechavam as atrações. O funcionário respondeu que ficavam abertas até 1 hora da manhã para quem estava nos hotéis do complexo. E eu, para me certificar, perguntei: "ah, the extra-magic-hours?" e ele respondeu que sim. Mas depois ri sozinho por me ver perguntando "EXTRA-MAGIC-HOURS?", assim, nesse tom que você leu, como um garotinho que fica empolgadíssimo por descobrir de repente que tem super-poderes mágicos! Fecha parênteses.

Começamos o sábado com o Hollywood Studios,  pois até nos instalarmos já era quase meio-dia e esse parecia ser um dos parques menores. Foi uma decisão acertada.

O Parque é, digamos assim, o que deu origem ao Universal Studios, para competir. A questão é que ele é muito mais arrumadinho. As atrações são melhores e, para nós, foi uma deliciosa primeira impressão do mundo Disney!




Logo de cara assistimos ao musical A Bela e a Fera, em versão compacta de 30 minutos. Figurinos, cenários e adereços de encher os olhos, música de encher os ouvidos. Sabe aquele espetáculo do qual você sai suspirando?? É esse...


Em seguida partimos para a atração mais radical do parque: o elevador da Torre do Terror. Inspirado num hotel que foi abandonado por estar assombrado, a atração te faz entrar no clima desde a fila, onde você se sente como se fosse fazer o check-in do hotel. O problema é que quando entra... o clma vai ficando mais sombrio, até que você se vê sentado - com cinto de segurança - dentro de um elevador escuro. Pânico e frio na barriga absolutamente... geniais!!! Uau! Muuuuito bom!!! Imperdível.

A Lígia , a Carolina e a Mariana não quiseram ir, mas entraram com a gente até a hora de entrar no elevador - agora confesso que estava tentando convencê-las a ir, mas não deu certo. O engraçado foi a Carolina contar depois que, mesmo no elevador "certinho" para sair do prédio, o funcionário tentou assustá-las com sem deixar claro que aquela era realmente a saída... É o espírito de brincadeira que reina por aqui.

Quando achávamos que o elevador era a única atração radical do parque, surge a "Rock'n' Roller Coaster", uma montanha russa interna cheia de efeitos de luzes e muito rock, como se estivéssemos participando de um passeio radical em companhia da banda Aerosmith. Irado! (desculpe... não achei outra palavra pra colocar aqui)


Um detalhe é que nessa montanha russa até a Mariana foi. E gostou!

Outras atrações vieram. Algumas não tão interessantes, mas vale destacar o filme 3D dos Muppets, bem engraçadinho, uma viagem de barco passando pelos cenários de grandes clássicos do cinema - também muito bom, mas que precisa de uma atualização, e os cenários que representam grandes cidades americanas, como São Francisco e Nova York.





E, finalmente, fechamos o dia com o show do Indiana Jones, que impressiona pela super-produção que é, num cenário gigantesco que representa um set de filmagens completo.



Assim foi o primeiro dia na Disney. No dia seguinte programamos um retorno à Universal, já previsto anteriormente, para que Fábio e Nancy pudessem conhecer o parque do Harry Potter. Que pena... tivemos que ir de novo... hehe... eu nem queria voltar lá... imagina!

Aproveitamos o domingo para fazer uma surpresa no nosso café da manhã no quarto para a Nancy, que fazia aniversário. Ela adorou!!!



Depois da festinha, fomos direto para o parque. Além do Harry Potter, principal objetivo, pudemos ir numa atração que faltara na primeira visita: a do Homem Aranha. Uma aventura que mistura projeções 3D com cenários reais. Muito bom!
Veja novas fotos do parque, sendo as primeiras do parque do Harry Potter:



E abaixo "fish and chips" saboreados diretamente do "Três Vassouras", o bar onde a Armada de Dumbledore se reuniu pela primeira vez (mas isso é papo para fãs...hehe):


E uma moradora de Hogsmead servindo cerveja amanteigada:


Aqui mais uma visão geral do Universal Islands of Adventure, com a montanha russa do Hulk bem ao centro:


Fechamos o domingo (nono dia da viagem) com uma passada pelo outlet e fomos descansar. No dia seguinte teríamos um dia cheíssimo no Disney's Magic Kingdom, um dos parques mais esperados, pelo menos por mim.

Ao chegarmos no hotel, olha só o mimozinho que as camareiras deixaram no quarto, ao perceber que alguém fazia aniversário:


Fofo, né?

Até!

Um comentário:

  1. Gente!!
    Que delícia, que emoção ler os textos do Junior seguidos das fotos!
    É muito mágico mesmo!

    ResponderExcluir

Olá! Deixe sua impressão sobre esse post, sobre o blog, sobre uma viagem, escreva... você agora é o Leitorviajando!